02 fevereiro, 2006

A Queda do Mito

Após derrotar Leo Spinks, tornando-se pela 3ª vez campeão mundial de pesados, Muhammad Ali retirou-se em Junho de 1979, deixando o título livre.
No desporto é importante escolher o timing exacto para sair e Ali parecia ter encontrado a altura exacta. Errado! A ambição levou-o a desafiar o antigo colega de treinos Larry Holmes, numa tentativa de tentar conquistar o título mundial pela 4ª vez.
O combate, promovido como "The Last Hurrah" realizou-se a 2 de Outubro de 1980.
Ali perdeu por KO técnico no 11º assalto, quando Bill Dundie (seu "corner man") se recusou a deixa-lo voltar para o próximo round.
O evento foi encarado com alguma descrença por parte de fãs e entendidos, uma vez que estavamos na presença de um Ali já bastante debilitado. Holmes admitiu, anos mais tarde, que apesar de ter dominado por completo o combate, retraiu os golpes em sinal de respeito pelo seu ídolo e antigo empregador.
Apesar da devastadora derrota e relatório clínico nada animador, Ali decididiu combater 1 vez mais. Foi a 11 de Outubro de 1981 que Ali enfrentou o futuro campeão mundial Trevor Berbick (27 anos), num combate realizado em Nassau, que ficaria conhecido como"The Drama in Bahamas". Também aqui o evento não despertou grande interesse, uma vez que Ali era visto como um pugilista decadente. Apesar do seu desempenho ter sido melhor do que contra Holmes, Ali perdeu por decisão unânime ao fim de 10 assaltos, contra um adversário 12 anos mais jovem.
Foi o último combate na carreira daquele que é tido como o maior pugilista de todos os tempos. Para trás ficaram 56 vitórias (37KO's) e 5 derrotas (2 delas perfeitamente evitáveis).
Polémico, arrogante, divertido, ... Ali foi igualmente o homem que um dia desafiou o governo do país mais poderoso do Mundo ao recusar-se combater no Vietname por uma causa que não acreditava.
Um verdadeiro senhor dentro e fora do ringue.

4 Comments:

At 11:58 da tarde, Anonymous Anónimo said...

mas isto e um blog de futebol ou um blog de basket e boxe sr. jose cavra? Onde anda o Mandamil, o Beckenbauer e o cagado? Nunca mais ninguém postou! Ai que isto tá a ficar fraco

 
At 6:32 da tarde, Blogger Francisco Beckenbauer said...

Caro Sr. este blog foi criado com o intuito de focar o mundo do futebol, mas tendo em conta o grande número de pessoas que o visitam e os gostos diversificados, somos obrigados a postar sobre outros assuntos, e o Sr. Cavra assume-se como o mais competente para tal, pois reúne um vasto leque de conhecimentos ao nível do boxe e do basquet... Espero que tenha ficado esclarecido

 
At 6:32 da tarde, Blogger José Cavra said...

Este blog há algum tempo começou a ter uma função mais abrangente.
Para além do futebol estamos cada vez mais empenhados em diversificar.
Ciclismo, Basket, Boxe, Tenis, Football todos terão o seu espaço.
Claro q o futebol será sempre o prato principal

 
At 1:32 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Este sim, é um post simpático, sobre o maior boxeur de todos os tempos, e, na minha modesta opinião, a maior figura desportiva americana de todos os tempos.
ALI, YOU´LL ALWAYS BE THE GREATEST OF ALL TIME!!!

 

Enviar um comentário

<< Home