20 maio, 2005

Rio de Estrelas

Ao atravessarmos o nosso Portugal na procura de equipas que contribuiram para o futuro do futebol português, somos obrigados a fazer uma paragem no norte, mais precisamente em Vila do Conde. Não me refiro ao Rio Ave de Peu e Nelo(grande esperança benfiquista), apesar deste também nos ter dado um pouco do seu perfume, mas volto ainda mais atrás no tempo.
Ao folhear o livro de recordações do meu caro amigo Dauto Faquirá, espanto-me ao ver o Rio Ave da época 81/82. Sim, ou não seria essa a altura em que Mourinho Félix treinava este histórico clube.



Detenho-me perante esta relíquia. Em cima,o 3º a contar da direita é obviamente, o mister Félix, o obreiro desta grande equipa, antigo guarda-redes internacional, nesta foto seguido do capitão Duarte, que empurrava a equipa para a frente com enorme facilidade. Agora vejam o barbudo, 4º a contar da esquerda. Estamos perante Brito, um poderoso central brasileiro, que hoje, enquanto treinador-adjunto do Chelsea, usa também o seu primeiro nome, Baltemar. Ao lado o seu companheiro no eixo da defesa, Figueiredo. Em baixo estão nomes como Quim, o esforçado Adérito,Álvaro e Paquito. Nesta altura, com uma diferença entre grandes e pequenos muito mais acentuada( era quase impossível o Porto perder em casa 4-0 com uma equipa que luta para não descer, por exemplo), Mourinho Félix levou o Rio Ave aos lugares cimeiros da tabela. Mas falemos do jogador em baixo, 3º a contar da esquerda. Nessa altura, nem sempre convocado, este miúdo com uns 20 anos, apesar de pouco jogar, era um génio no que toca a relatórios de adversários.



Sim, estamos perante o maior rosto de Portugal no estrangeiro actualmente, o grande José Mourinho. Foi assim que Zé Mário aprendeu aquilo que o viria a tornar no melhor treinador do mundo, já anos depois de colaborar com o pai no Vitória de Setúbal.
Outra personalidade bem conhecida do nosso futebol e que passou por esta equipa de estrelas foi Mário Reis, na imagem com o guarda-redes Trindade.


Equipas como esta merecem ser relembradas com nostalgia, pois foi esta uma ponte para a poderosa equipa de Carlos Brito nos nossos dias.Viva Rio, viva Ave, viva toda a população de Vila do Conde.

4 Comments:

At 3:14 da manhã, Blogger Mustaine said...

Mas que post ENORME.
Adorei.
Força aí!

 
At 8:19 da tarde, Blogger José Cavra said...

Fiquei completamente extasiado ao ler este Post! Durante as 2 horas seguintes fiquei petrificado de alegria a contemplar a imagem do jovem José Mário Mourinho.
Grandes Post Gilberto
Viva a Malta da Tropa
Viva o Zé

 
At 11:40 da tarde, Anonymous Anónimo said...

boa mandamil assim mesmo é que é, chega de falar de falhados.
é pena é escreveres tão pouco.
continua

 
At 3:15 da tarde, Anonymous João Carmo said...

Excelente post, parabéns!

É com muito orgulho que vejo o meu clube ser recordado com tamanha categoria. De facto, foi com esta geração que o Rio Ave conquistou o respeito entre os grandes clubes portugueses, um estatuto que ainda hoje lhe é reconhecido e continuamente reforçado.

Futebol de qualidade, não haja dúvida, esteve sempre de boas relações com Vila do Conde.

Viva o Rio Ave!

http://rioave.weblog.com.pt

 

Enviar um comentário

<< Home